YSL

Yves Henri Donat Mathieu Saint Laurent (Orã, Argélia 1º.08.1936 – 1º.06.2008 Paris). Em 1954, ao chegar em Paris, frequentou a École de la Chambre Syndicate de la Haute Couture. Após, ganhou um concurso internacional de moda, onde chamou a atenção de Michel de Brunhoff (editor da revista Vogue) e de Christian Dior que o contratou como assistente e, posteriormente, foi o estilista da Maison.

Fotos de YSL:

Em 30.01.1958 lançou sua primeira coleção para a grife, onde apresentou vestidos trapézio com ombros estreitos e saias evasê, conquistando o prêmio Neiman Marcus e o apelido “Christian 2, o jovem triste”. Serviu na guerra da Argélia.  Em 1961, com o auxílio de Pierre Bergé, abriu sua própria Maison, o primeiro desfile da grife ocorreu em 29.01.1962. Em 1965, mixou arte e moda inventando os vestidos tubinho.

Catherine Deneuve usando tubinho:

Em 1966, primeiro costureiro parisiense de alta-costura a abrir uma butique de prêt-à-porter de luxo, abriu sua primeira boutique de prêt-à-porter chamada “YSL Rive Gauche”. Ainda nesse ano, criou o smoking feminino, conhecido como “Le Smoking”, nas palavras de Pierre Bergé, “Chanel libertou as mulheres e Saint Laurent lhes deu o poder”. Já para Suzy Menkes (editora do International Herald Tribune): “Hoje as mulheres andam normalmente de terno e calça comprida. Isso parece normal, cotidiano, mas na época a mulher era proibida de entrar num restaurante ou num hotel. O smoking, usado até hoje, foi uma provocação sexual, dirigido à mulher que queria ter um outro papel”. Foi ele também quem trouxe o blazer, o casaquinho estilo marinheiro e o vestido-camisa.

Le Smoking:

YSL escandalizou com sua “Coleção 40” onde trouxe costas nuas, também quando posou nu para o fotógrafo Jeanloup Sieff para o lançamento de seu perfume masculino e com o nome do perfume “Opium” pela referência à droga. Grandes sucessos.

YSL nu:

Perfume Opium:

Em 1982 recebeu o prêmio internacional do CFDA (Council of Fashion Designers of America). Em 1983, comemorou 25 anos de criação com uma exposição no Metropolitan Museum of Art de New York. Em 1985 recebeu o Oscar da Moda e em 1986 foi realizada uma exposição no Louvre com suas criações. Em 1998, ganhou um desfile-retrospectiva no campo de futebol, antes da final da Copa do Mundo da França, pois o guarda-roupa da Copa, que contava com 4.200 uniformes, 19.000 peças e 10.000 acessórios, foi assinado por YSL e encomendado pessoalmente por Michel Platini, que era o presidente do comitê organizador da Copa.

Em 1999 a marca foi vendida por aproximadamente US$ 1 bilhão ao François Pinault. Descontente, YSL em 07.01.2002 convocou uma coletiva de imprensa para anunciar “Escolhi dizer hoje, adeus a esta profissão que eu tanto amei”. Demonstrou sua decepção por uma indústria que se rege pelo comércio em detrimento da arte. Em 22.01.2002, ocorreu o último desfile da alta-costura de YSL. Em julho de 2002 a Maison YSL foi fechada e o prêt-à-porter continua sob o poder de Tom Ford e Gucci.

Curiosidades:

– O estilista Yves Saint Laurent foi a 1ª celebridade que mais faturou após sua morte, arrecadou US$ 350 milhões (aproximadamente R$ 609,8 milhões) após sua morte.

– Em fevereiro de 2009, sua coleção de arte foi leiloada por 370 milhões de euros, recorde para leilões dessa natureza.

Frase:

“Nada é mais belo do que um corpo nu. A roupa mais bela que pode vestir uma mulher são os braços do homem que ela ama. Mas, para aquelas que não tiveram a sorte de encontrar esta felicidade, eu estou lá.”

Lojas YSL:

Berlim – Alemanha

Hong Kong

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: