Dicas para se Barbear

Esse post vai para os meus estilonautas homens que tanto reclamam de alergias e usam isso como desculpa para quase nunca fazer a barba. Mas, nós mulheres, sabemos muito bem que é pura preguiça. Em todo caso, aqui constam algumas dicas:

1 – A preparação adequada é o segredo para um bom barbear. Isso significa que é necessário hidratar e amaciar o rosto antes de aplicar até o sabonete. Para um melhor resultado, faça isso segurando uma toalha aquecida e úmida sobre seu rosto, se assim não puder, tente ao menos jogar água quente sobre o rosto.

2 – Siga o pêlo. O pêlo é quem manda, ou seja, mova a lâmina na direção do crescimento dos pêlos.

3 – Barbear-se no chuveiro é a melhor opção para fazer a barba, posto que o vapor e a água quente amaciam e hidratam tanto a pele quanto a barba. Deixe um espelho pequeno dentro do box para facilitar, desses que compramos em lojas de R$ 1,99 mesmo.

4 – Dizem os dermatologistas que fazer a barba é traumático para a pele, no que diz respeito ao desconforto. Porém, quanto mais rente o barbear, maior a dor. Tente aparar o crescimento diário um pouco menos rente para se poupar de muito desconforto (mas saibam que, nós mulheres, adoramos quando vocês danificam a pele de vocês e fazem a barba bem rente, não restando nem um fiozinho para nos machucar).

5 – Muitos dermatologistas defendem que aparelhos de barbear com lâminas duplas e triplas são um exagero e prejudicam mais do que ajudam. Isso porque, depois de a primeira lâmina puxar a pele ao redor dos pêlos para cima, a próxima lâmina (ou lâminas) retira os folículos da pele. Experimente um barbeador descartável com uma única lâmina.

6 – Vários homens acham que o creme de barbear hidrata o bastante para ser aplicado diretamente sobre a pele seca. Acordem rapazes! Vocês precisam de hidratação extra, ou vai ser como se estivesse barbeando uma pele seca. Pelo menos jogue água em seu rosto antes de colocar a espuma.

7 – Uma lâmina cega pode arranhar sua pele, então, não tente usar a mesma lâmina ou navalha muitas vezes. A barba de alguns homens é tão grossa que uma lâmina vai servir para fazer a barba uma única vez.

8 – Barbeadores elétricos possuem uma qualidade positiva, eles não raspam tão rente quanto uma navalha com lâmina dupla e por isso têm menos probabilidade de irritar a pele.

9 – Use uma loção pós-barba de qualidade. O álcool é o ingrediente principal nas marcas mais baratas, o que explica o motivo de ser uma tortura passá-las no rosto recém-barbeado. Uma boa loção pós-barba deveria refrescar a pele e limpá-la de bactérias, além de curá-la do barbear. Leia os rótulos e procure aloe vera ou outros regeneradores naturais incluídos nos ingredientes.

10 – Outra opção é pular a loção pós-barba e passar um pouco de filtro solar após ter feito a barba. A loção irá proteger você do câncer de pele e manter seu rosto com uma aparência jovem.

11 – Se tiver reação alérgica à lâmina, utilize uma loção de hidrocortisona como loção pós-barba, o que vai ajudar na cicatrização de sua pele.

12 – Se é obrigado a aparecer de cara limpa no trabalho, que tal deixar a lâmina de lado nos finais de semana? Deixar a barba crescer só 6 milímetros já pode acabar com as alergias e pêlos encravados. E na hora de se barbear novamente, não raspe tão rente ou a irritação vai reaparecer tão rapidamente quanto sumiu (quero deixar claro que, eu Roberta Rigoleto Sanches, odiei essa dica).

13 – Compre um adstringente em qualquer farmácia e mantenha à mão no banheiro para usar, caso se corte. Encoste-o no corte, pressione um pouco com o dedo e o sangramento irá parar. O sulfato de alumínio presente no adstringente puxa a pele para cima, fechando a ferida. Lave qualquer resíduo e você está pronto para encarar o mundo, sem remendos de papel higiênico.

14 – Como tudo na vida, não há uma única resposta para todas as pessoas, portanto,  escolher a alternativa de barbear que mais combine com a pele individual de cada homem é a melhor tática para evitar essa irritação. Para descobrir qual o processo que causa menos problema de irritação é preciso experimentar.

15 – Forçar a lâmina na pele com o intuito de conseguir um resultado mais rente, também traz prejuízos, porque pode provocar ainda mais coceiras e vermelhidões. Melhor é manter o aparelho ou a navalha sempre bem afiados. Assim, o simples contato já é capaz de cortar os pelos, não necessitando força, tampouco muitas repetições.

16 – Se você já testou todas as alternativas e cuidados a cima e mesmo assim a pele não se adaptou ao barbear, a depilação a laser pode ser uma saída. Dói um pouco, mas os resultados compensam. Os pelos não chegam a desaparecer completamente, mas diminuem muito.

17 – Se sua lâmina for descartável, não esqueça que ela precisa ser trocada após ter sido usada no máximo, três vezes. Mais do que do que isso é pedir para irritar a pele, pois os fungos ficam presentes na lâmina, o que provoca coceira e vermelhidão, sem esquecer a perda do corte.

Espero que tenha ajudado os bonitões… beijinhos

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: